dica 1

A desintoxicação é um processo que ocorre em diversos órgãos, principalmente no fígado, e consiste na transformação e eliminação de substâncias que podem ser nocivas ao nosso organismo, como agrotóxicos, ar poluído, aditivos químicos e medicamentos, entre outros, reduzindo desta forma a probabilidade de desenvolver uma série de doenças, desde a simples gripe a patologias mais complexas.

Este processo de desintoxicação deve ser diário, mas em certas épocas do ano, como nas mudanças de estação e após épocas festivas, deve ser feito com maior intensidade.

Mas porque é que alguém saudável precisa de fazer isso?

Fazemos isso precisamente para que não se chegue ao ponto em que é preciso lidar com doença e mal-estar. Ou seja, nada melhor do que prevenir, para não ter que remediar. Reduzir a carga tóxica no organismo, promover a eliminação e desta forma diminuir a obstrução que se acumula, atenua de forma significativa a probabilidade de desenvolver uma série de problemas desde a simples gripe às doenças mais complexas.

O nosso corpo é a nossa casa. Normalmente as pessoas valorizam imenso o aspeto físico (que não deixa de ser importante), mas numa casa conta tanto o exterior, como também o interior – o ambiente que criamos e como nos sentimos dentro dela.

Neste sentido, as desintoxicações periódicas são como umas mini obras que ajudam tanto a melhorar o aspeto por fora, como a “arrumar” as coisas por dentro, deitar fora o desnecessário e criar um meio interno mais leve, mais limpo e mais claro. E tal como as limpezas em casa nos afetam positivamente a todos os níveis, a manutenção, o descanso e limpeza periódica do corpo costumam fazer o mesmo – inevitavelmente, começamos a sentir que um corpo mais limpo, forte e revitalizado anda de mãos dadas com um humor mas estável e uma mente mais calma. 

São as manutenções periódicas que nos ajudam a manter a forma, a motivação, o equilíbrio, a calma e o funcionamento de todos os órgãos e sistemas, que de vez em quando também precisam de um descanso maior.

Não existe uma técnica capaz de desintoxicar todo o organismo, para cada órgão é preciso usar uma técnica diferente; por exemplo, para limpar o intestino é preciso usar uma técnica (hidroterapia do cólon), para limpar o fígado é preciso usar outra técnica (pode ser a Limpeza do Fígado e da Vesícula ou qualquer outro protocolo parecido), para limpar o sangue, outra técnica, e por aí vai. Portanto, não existe nada capaz de limpar todos os órgãos do corpo humano de uma única vez.

O segredo de um Detox bem feito está sempre no equilíbrio e no facto de ter em consideração as especificidades de cada um na hora de escolher a modalidade de desintoxicação e técnicas específicas.

receita 3

O que comer ao pequeno-almoço?

Seja qual for a nossa escolha, fruta, sumo/batido, papa de cereais, sopa, uma coisa vos garanto, quanto mais cru, vivo, mais rico em nutrientes benéficos para a nossa saúde! A escolha é de cada um.

Pág. 6 de 6

Contactos

964 746 943
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.